O que e como você fala com seus filhos faz a diferença entre um adulto feliz e um frustrado

O que e como você fala com seus filhos faz a diferença entre um adulto feliz e um frustrado

Procure usar suas palavras para dar amor a seu filho e não para destruí-lo. Uma palavra pode marcá-lo para o resto da vida.

Alguém, há anos, contou-me em lágrimas uma história que me partiu o coração. Ela se lembra da tarde de Natal, quando tinha 19 anos, de forma muito especial, mas não boa.

Naquela tarde, seu pai chegou muito zangado, algo não havia saído bem e gritava xingamentos por toda a casa. Do nada a chamou e, segundo ele, tinha algo importante a lhe dizer. Ela foi esperando que a mandasse comprar alguma coisa; no entanto, o que aconteceu marcou-a de maneira ruim para toda a vida: aquele homem, ainda zangado sem saber porque, disse-lhe do nada:

– “Comparada à sua irmã, você é feia, porque se parece comigo. Isso é algo que deve assumir para sempre”.

Imagine a reação dessa garota. Disse-me que seu gesto mudou e começou a chorar, ação pela qual foi novamente repreendida pelo pai, que lhe disse:

– “E por que está chorando?! Seja forte porque a vida é um nojo”.

O que a garota fez foi suportar toda a dor que essas palavras cruéis lhe causaram. Quando o pai saiu, chorou até não poder mais. Dias depois, aquele homem voltou fingindo que nada havia acontecido; apesar disso, ela recorda esse momento e esse Natal como um dos piores que teve na vida.

Hoje, ela é uma mulher adulta com uma vida feita, mas muito insegura, tem que se esforçar muito para se sentir capaz de completar um projeto e para confiar nas pessoas. Se o seu pai lhe tivesse dito coisas positivas, em vez de tratá-la mal, certamente não teria que se esforçar para ver a mulher bonita que sempre foi.

O poder de uma palavra

Este é apenas um exemplo real de como uma palavra ou frase pode destruir uma pessoa. Claro que esse poder vem, em grande parte, da relação que se tem com a pessoa que emite a frase.
Agora, você pode dizer que ela deveria superar esse evento, que não deveria dar importância a esse tipo de coisas, e uma série de outras coisas; e pode ser que tenha razão, mas, lamentavelmente, não é assim tão fácil.
Não nos concentremos no mal. Pensemos na influência que essas frases tiveram para aquela jovem e vamos dar um giro ao assunto. Se as palavras têm um tal poder tão destrutivo, imagine o poder que também podem ter para fazer uma pessoa sentir-se bem consigo mesma.

Sim, de fato, as palavras podem ser esse elemento capaz de fazer uma mudança radical no conceito que alguém tem de si mesmo.

Já prestou atenção no que costuma dizer aos seus filhos?

A primeira fonte de estímulo (positivo e negativo) que uma criança tem, são seus pais. Um bebê, desde o primeiro dia de vida, é afetado – para o bem ou para o mal – a partir do contato que tem com seus pais. Se eles o cuidam, falam-lhe claro e com amor, correm a ele/ela quando chora, alimentam-no e o abraçam, com certeza esse bebê vai crescer sentindo-se feliz e amado.
Mas, se acontecer o oposto e esse bebê for só cuidado por um dos pais, e o outro não o tratar bem, ou for distante, frio e cruel, esse bebê terá muitas carências afetivas que procurará preencher no futuro, sem êxito algum.

Agora, uma criança mais crescida que é elogiada por seus desenhos (embora não tenha talento), por recolher seus brinquedos como indicado pela mamãe (ainda que lhe escape um ou não o faça bem), que se esforça para fazer seus deveres escolares (embora se engane em muitos deles) e que se sente apoiado por seus pais, é uma criança que se sentirá estimulada a seguir progredindo, que confiará em si mesma e que certamente quererá tratar seus filhos sempre com amor e respeito.

Frases que você sempre deve dizer a seu filho para ajudá-lo a ser feliz

Há pequenas frases que seu filho precisa ouvir. São como pequenos conselhos ou mantras que o ajudarão ao longo de sua vida, fazendo dele ou dela um ser humano mais amável e feliz; elas podem ser:

1 “Esforce-se e dê o seu melhor”

Seu filho precisa saber que tudo a que se propõe pode ser alcançado se ele se esforçar. Além disso, deve aprender que, no caminho, vai tropeçar e cair mais vezes do que imagina, mas que cada fracasso traz consigo uma lição que fará mais certo da próxima vez.

2 “Trate os outros como deseja ser tratado”

É necessário que seu filho saiba que se quiser ser respeitado e tratado com amabilidade, deve tratar os demais da mesma maneira.
Ainda assim, seu filho também deve saber que há pessoas que lhe tratarão mal e de maneira injusta; então, é justo que saiba que as pessoas só podem dar aquilo que têm em seu coração, e que, ainda assim, ele deve ser gentil, mesmo que ache que o outro não merece, e afastar-se dessas pessoas é a coisa mais saudável a fazer.

3 “Não tenha medo de errar”

É importante que seu filho saiba que todos erramos, inclusive todos os dias de nossas vidas. Mas que isso não é um obstáculo, e que seguir adiante depende de se escolher usá-los como degrau para subir ao sucesso, ou como muro para estagnar e não progredir.

4 “Quando perceber que cometeu um erro, peça desculpas, não volte a fazer e siga em frente”

Ser humilde é, talvez, uma das qualidades e valores que fazem as pessoas brilharem sozinhas. Todos erramos, mas poucos reconhecem suas falhas; essas pessoas acabam ficando sozinhas, porque ninguém quer estar perto delas devido à sua prepotência. Pelo contrário, quando uma pessoa sabe que cometeu um erro e se desculpa por isso, tende a ganhar o respeito e afeto dos outros.

5 “Pode confiar em mim”

É vital que o seu filho saiba que o que quer que lhe aconteça na vida, pode recorrer a você em busca de conforto ou ajuda. Ele deve sentir-se seguro de que você não o julgará, mas o guiará, confortará e apoiará na situação que esteja enfrentando em sua vida.

Lembre-se que está educando seu filho para que tenha bem-estar ao longo de sua vida. Além disso, sua criança é uma projeção do tipo de pessoa que você é, portanto, como ele se comporta, seja no lar ou fora dele, só estará seguindo o exemplo e a educação que você lhe deu.

Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa do original Qué y cómo le hablas a tus hijos hace la diferencia entre un adulto feliz y uno frustrado, via Familia.com.br

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.